Dromedário

Características físicas, alimentação, peso, risco de extinção, habitat, classificação científica, foto, nome científico, resumo, curiosidades

Dromedário: vida adaptada ao deserto
Dromedário: vida adaptada ao deserto


 

Introdução

 

O dromedário, cujo nome científico é Camelus dromedarius, é uma espécie de animal mamífero da família Camelidae (mesma dos camelos, lhamas, vicunhas e alpacas). Em função das semelhanças com o camelo, ele também é conhecido como camelo árabe.

 

O dromedário é um animal que possui grande adaptação aos ambientes áridos (muito calor, pouca água e baixa umidade). Por isso se adapta muito bem as regiões desérticas.


Característica e informações principais

 

- O dromedário é um animal nativo da região central do continente asiático.

 

- Essa espécie animal possui apenas uma corcova (bossa) nas costas, ao contrário do camelo comum (Camelus bactrianus) que possui duas. Na corcova, fica armazenada uma reserva de gordura para momentos de escassez alimentar.

 

- São animais de hábitos diurnos. A noite eles necessitam dormir para descansar.

 

- A alimentação dos dromedários é baseada em vegetação do deserto (plantas espinhosas como cactos), gramíneas, ervas e folhagens.

 

- Um dromedário adulto pesa cerca de 500 quilos e mede, aproximadamente, 4 metros de comprimento. De altura, podem chegar a 1,8 metros (no ombro).

 

- Possuem pelagem de cor marrom clara (castanho claro).

 

- As bases das patas dos dromedários é larga. Possuem pescoço longo e pernas compridas. Essa características também facilitam a vida no deserto e a locomoção em regiões arenosas.

 

- Atualmente, são encontrados dromedários, principalmente, na região norte da África e também no Oriente Médio. Nestes locais, eles vivem de forma domesticada. Também são encontrados, vivendo de forma selvagem, na região central da Austrália.

 

- A gestação da fêmea dura em torno de 400 dias. No final de cada gestação nasce apenas um filhote.

 

- Na natureza, vivem em grupos de 15 a 20 animais, que são liderados por um macho dominante.

 

- Atualmente, o risco de extinção do dromedário é baixo. Porém, vale ressaltar que grande parte da população vive de forma domesticada no norte da África e Oriente Médio, como meio de transporte e de carga.

 

Curiosidades:

 

- O som (ruído) emitido pelos dromedários é chamado de blaterar.

 

- Um conjunto de dromedário (coletivo) é chamado de cáfila.

 

- As tribos nômades dos desertos dependem muito dos dromedários. Além do transporte de pessoas e de carga, eles também consomem a carne, o leite e ainda fazem roupas com a pele destes animais.

 

Classificação científica:

 

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Artiodactyla

Subordem: Tylopoda

Família: Camelidae

Gênero: Camelus

Espécie: C. dromedarius