Dicotiledôneas

O que são plantas dicotiledôneas, características, definição, resumo, folhas, frutos e caule

Abacateiro: exemplo de dicotiledônea
Abacateiro: exemplo de dicotiledônea


 

O que são (definição)

 

Também conhecidas como magnoliopsidas, as dicotiledôneas são plantas (angiospermas) que possuem dois ou mais cotilédones na semente. Os cotilédones são as folhas iniciais dos embriões das plantas.

 

 

Características principais das dicotiledôneas:

 

- Existência de dois ou mais cotilédones na semente.

 

- Presença de nervuras reticuladas nas folhas.

 

- Presença de pecíolo (parte que liga o caule ao limbo) na folha.

 

- Presença de flores tetrâmeras (4 elementos) ou pentâmeras (5 elementos).

 

- Os frutos possuem 4 ou 5 lojas (ou múltiplos)

 

- A estrutura interna do caule é composta por feixes vasculares, distribuídos ao redor de um cilindro central.

 

- O sistema radicular é composto por raízes axiais ou pivotantes (raiz principal de onde saem raízes laterais).

 

 

Exemplos de plantas dicotiledôneas:

 

- Árvore eucalipto

 

- Macieira

 

- Pereira

 

- Roseira

 

- Pé de ervilha

 

- Goiabeira

 

- Laranjeira

 

- Seringueira

 

- Jabuticabeira

 

- Macieira

 

- Pé de feijão

 

- Cacaueiro

 

- Vitória-régia

 

- Algodoeiro

 

- Mamoeiro

 

- Pé de maracujá

 

- Cactos

 

- Pé de café

 

- Tomateiro

 

- Abacateiro

 

- Caneleira

 

- Loureiro

 

- Sassafrás

 

- Jacarandá (árvore)

 

- Pé de mamona

 

 

Última revisão: 07/04/2019

___________________________________

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduanda em Ciências Biológicas pela Universidade Metodista de São Paulo.