Grilo

Características físicas do inseto grilo, alimentação, classificação científica, distribuição geográfica, habitat, curiosidade

Grilo: um inseto muito comum nas cidades
Grilo: um inseto muito comum nas cidades


 

Introdução

 

O grilo é um inseto presente em várias regiões do mundo (exceto na Antártida e no Polo Norte). Existem cerca de 900 espécies de grilos, porém, a que conhecemos é chamada de grilo-doméstico, cujo nome científico é Acheta domesticus.

 

Principais características:

 

- Possuem hábito de vida noturno.

 

- São insetos terrestres.

 

- As cores mais comuns de grilos entre as espécies são: verde (várias tonalidades), marrom e preta.

 

- A maioria das espécies possuem entre 2 e 3 centímetros de comprimento.

 

- Os grilos se alimentam das folhas de vegetais e de tecidos jovens das plantas.

 

- Possuem duas antenas longas e finas.

 

- É um inseto ortóptero, ou seja, possuem asas superiores retas e coriáceas (parecidas com couro).

 

- Os órgãos de audição dos grilos ficam localizados nas asas anteriores.

 

- São reconhecidos a noite pelo canto rítmico. Este canto é feito pelo macho para atrair a fêmea. O som  é feito pelo atrito dos pelos que possuem nas asas.

 

- As fêmeas botam ovos sobre galhos secos e folhas.

 

- Fazem suas habitações (espécies de tocas), cavando buracos no chão.

 

Classificação científica

 

- Reino: Animalia

- Filo: Arthropoda

- Classe: Insecta

- Ordem: Orthoptera

- Subordem: Ensifera

- Infraordem: Gryllidea

- Superfamília: Grylloidea

 

Curiosidade:

 

- Em algumas regiões do mundo, existe uma crença popular que atribui sorte ao encontrarmos um grilo dentro de casa. Por isso, nessas regiões, as pessoas não retiram o inseto de casa.