Diversidade Genética

O que é, conceito, resumo, exemplos, importância, diminuição, como ocorre

Diversidade genética: relacionada à biodiversidade
Diversidade genética: relacionada à biodiversidade


 

O que é (conceito)

 

Diversidade genética é o grau de variedades de genes existente dentro de uma única espécie (animal ou vegetal). Ela corresponde ao número total de características genéticas na composição genética das espécies ou subespécies.

 

Vale lembrar que diversidade genética não é o mesmo que variabilidade genética. Esta última refere-se à variabilidade genética dentro de um mesmo patrimônio genético, porém ocorre variação das características genéticas da espécie.

 

A diversidade genética é um dos principais aspectos da biodiversidade do nosso planeta como, por exemplo, nas populações e ecossistemas.

 

Características e importância da diversidade genética:

 

- A diversidade genética e a biodiversidade são interdependentes.

 

- A diversidade genética dentro de uma espécie é de fundamental importância e necessária para manter a diversidade de espécies na natureza.

 

- A diversidade genética é fundamental para que populações de organismos vivos se adaptem ao meio ambiente. Quanto maior a diversidade genética, mais apta está a espécie para resistir às mudanças ambientais.

 

- A diversidade genética é gerada, principalmente, por: seleção natural, fenômenos de recombinação genética e mutações genéticas.

 

- O homem, através de sua ação de degradação da natureza, é um dos principais responsáveis pela diminuição da diversidade genética de várias espécies. Muitas já foram extintas, enquanto outras se encontram em vias de extinção. O desmatamento, a poluição de rios e solo e a caça predatória são as principais ações humanas que estão afetando negativamente a diversidade genética de espécies vegetais e animais em várias partes do mundo.