Retículo Endoplasmático

O que é, funções, tipos (liso e rugoso), características, composição, atuação na célula

Retículo Endoplasmático: importante organela celular
Retículo Endoplasmático: importante organela celular


 

 

O que é 

 

O Retículo Endoplasmático é uma organela presente no interior das células dos seres eucariontes (presença de núcleo celular e diversas organelas). 

 

Características principais:

 

- Formado a partir da invaginação da membrana plasmática;

 

- Formado por túbulos e vesículas achatadas;

 

- Possui conexão com a carioteca (envoltório nuclear);

 

- As membranas do RE circundam espaços que estão separados do resto da célula.

 

Funções

 

- Atua no processo de síntese e transporte de proteínas;

 

- Participa do metabolismo de lipídios;

 

- Atua também no transporte intracelular (dentro da célula).

 

Retículo Endoplásmatico Rugoso

 

- Os ribossomos estão aderidos à membrana, atuando na produção de proteínas.

 

Retículo Endoplasmático Liso

 

- Não possuem ribossomos aderidos à membrana;

 

- Composto por um sistema de túbulos cilíndricos;

 

- Atuam na produção de hormônios e lipídios.

 

Curiosidade:

 

- O retículo endoplasmático foi visualizado pela primeira vez, em 1945, pelo biólogo belga Albert Claude.