Membrana Plasmática

Conheça as funções da membrana plasmática e sua composição química

Membrana Plasmática envolvendo as organelas
Membrana Plasmática envolvendo as organelas


 

O que é e funções

 

De forma simples, podemos definir a membrana plasmática como envoltório celular. Este envoltório será o responsável pela forma da célula e pelas substâncias que entram e saem dela.

 

Composição e outras características 

 

Sua composição química é lipoprotéica (gordura + proteína), porém, esta não se dá de forma homogênea.

 

Há dois tipos de substância que atravessam a membrana plasmática: as hidrossolúveis e as lipossolúveis. 

 

As substâncias hidrossolúveis chegam ao interior das células somente após atravessarem os poros contidos nas proteínas transportadoras. Contudo, este transporte somente ocorrerá se estas substâncias forem menor do que o tamanho do poro desta proteína.

 

No caso das substâncias lipossolúveis, estas atravessam a membrana plasmática bem mais facilmente, pois a maior parte da membrana plasmática é formada por lipídeo. Aqui, as substâncias não necessitam ser pequenas, necessariamente, para chegarem ao interior da célula.

 

Este processo de entrada e saída de substâncias através da membrana plasmática são conhecidos como transporte passivo (difusão e osmose) e transporte ativo (endocitose, fagocitose, exocitose).

 

Curiosidade:

- As substâncias hidrossolúveis que atravessam a membrana plasmática são: água (H2O), oxigênio (O2), gás carbônico (CO2), uréia, vitamina C, glicose, ácido salicílico, ácido láctico, proteínas pequenas (menores que o tamanho dos poros das proteínas transportadoras), aminoácidos e sais minerais.