Sistema Imunológico

O sistema de defesa do organismo, glóbulos brancos, leucócitos, fagocitose, imunologia

Fagocitose
Fagocitose


 

Introdução 

 

Fica bem mais fácil compreender o sistema imunológico quando se entende bem a função dos leucócitos (glóbulos brancos) dentro de nosso organismo, uma vez que eles são nossas células de defesa.

 

A ação do sistema imunológico 

 

A ação do sistema imunológico inicia-se bem cedo, ainda na fase intra-uterina. Nesta etapa, os linfócitos do feto fazem a cópia e armazenamento de todas as seqüências de aminoácidos (proteínas) existentes em seu corpo.

 

É interessante saber que um único linfócito não conhece todo o corpo, mas todos juntos, passam a reconhecer todas as proteínas de nosso corpo. Desta forma, fica bem mais fácil identificar a presença de alguma proteína desconhecida para, só então, combatê-la.

 

O combate contra o “corpo estranho” será iniciado imediatamente após a produção de anticorpos, nesta fase, o linfócito passará a se chamar plasmócito. 

 

A reação do anticorpo contra este corpo estranho é conhecida como antígeno-anticorpo, e tem por função atrair o maior número possível de macrófagos. Estes, por sua vez, farão a fagocitose, destruindo não só o corpo estranho, mas também o anticorpo que a ele está aderido.

 

Após destruir os corpos estranhos, os macrófagos se autodestroem (este processo é chamado autólise). Por fim, restarão somente seus resíduos, que serão removidos pela corrente sanguínea. Quando isto não ocorre, o acúmulo de macrófagos mortos passará a ter a forma de pus.