Glândulas Sudoríparas

O que são, funções, características, glândulas apócrinas e écrinas, tipos, curiosidade

Suor produzido pelas glândulas sudoríparas
Suor produzido pelas glândulas sudoríparas


 

O que são

 

Também conhecidas como glândulas de suor, são células epiteliais presentes na pele dos mamíferos, inclusive dos seres humanos.

 

Função das glândulas sudoríparas

 

Estas glândulas possuem a importante função de secretar o suor, possibilitando a regulação da temperatura corporal e a eliminação de substâncias tóxicas ao organismo.

 

Tipos de glândulas sudoríparas dos seres humanos

 

Glândulas Écrinas


Em maior quantidade no corpo humano do que as glândulas apócrinas, as écrinas estão presentes em quase todas as partes da pele. Atuam, principalmente, no processo de regulação da temperatura do corpo através da evaporação. Isto acontece, pois com a evaporação do suor o corpo perde energia térmica.

 

Elas são encontradas em maior quantidade na pele das palmas das mãos, plantas dos pés e fronte. Começam a funcionar logo após o nascimento da criança.

 

A parte que excreta suor das glândulas écrinas encontra-se, principalmente, na derme profunda. O ducto excretor do suor passa pela derme, epiderme e termina nos poros da superfície da pele.

 

O suor que é produzido por este tipo de glândula possui em sua composição, principalmente, água, ureia, ions, aminoácidos, amônia, ácido láctico e glicose.

 

Glândulas Apócrinas

 

Estão presentes, principalmente, nas axilas, aréolas das mamas e nas áreas do rosto onde nasce barba (nos homens).

 

O ducto que conduz o suor deste tipo de glândula está presente na tela subcutânea, terminando nos folículos pilosos.

 

O suor produzido por estas glândulas é composto por água, ions, amônia, aminoácidos, proteínas, lipídios, ureia, ácido láctico e glicose. Porém, este suor tem a consistência um pouco viscosa.

 

Estas glândulas começam a produzir suor somente na fase da puberdade. Entram em ação, principalmente, nas relações sexuais e em momentos de estresse.

 

Curiosidade

 

- Um jogador de futebol profissional pode perder de 2 a 3 litros de suor durante uma partida de 90 minutos. Por isso, é de fundamental importância a hidratação antes e durante os jogos.